/ abril 17, 2016/ Aleatório, Eu

Por diversas vezes já me perguntei “Qual o segredo da vida? Qual o sentido dela? O que me faz acordar todos os dias e seguir em frente?”. E quem nunca se perguntou?

Hoje, com pouco mais de 30 anos, vejo a vida como uma grande árvore que floresce a cada dia, mais e mais. Árvore essa que percorremos incessantemente a procura do auge. Seus galhos se abrem em caminhos que percorremos a procura do apogeu do sucesso, qualidade de vida e, porque não, felicidade. E a cada encontro, romance, uma nova flor, que pode gerar frutos e descendências.

E o caminho não é fácil, nunca é fácil. Diversas são as vezes que temos de retroceder nosso passos para enfim, conseguir seguir mais adiante. Sem falar nos tropeços que vira a mexe surgem nesse caminho.

Ou nos outros serem a nossa volta e que se unem nessa jornada. Diga-se de passagem que muitos apenas estão lá para nós atrasar, mas aqueles que realmente nos acompanham, se tornam grandes companheiros nessa aventura.

E tudo isso só é possível com uma boa fundação. E não estou falando de dinheiro não, e sim da grande presença marcante vinda de nossos pais. Uma criação mais fraca e deficiente pode nos levar a lugares tenebrosos. Uma fundação sólida e presente pode nos dar asas que certamente nos adiantam muito o trajeto.

Só de pensar em tudo isso já abre um leque infinito onde a imaginação trabalha a vontade.

Não sei dizer se tudo isso é apenas um devaneio bobo e infantil, ou uma visão precipitada da maturidade que adquiri antecipadamente. Este é meu ponto de vista.

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*